Muitas empresas têm buscado fornecedores para que possam ter um site na Internet. As empresas fornecedoras têm apresentado uma nova modalidade para a criação do site na internet, que o é “aluguel”. Tanto a modalidade tradicional que é a de compra ou criação do site quanto o aluguel possuem vantagens e desvantagens que devem ser analisadas pelo empreendedor antes de efetuar a contratação.

Para que facilite o entendimento, estaremos abordando alguns assuntos correlatos que podem confundir o leitor. Não entraremos com profundidade e explicaremos da forma mais simples, para que fique bem claro.

1    Domínio

É o endereço do site, por exemplo: WWW.SEUSITE.COM. O Domínio é regido por órgãos específicos aqui no Brasil é o NicBr (www.registro.br). Você pode fazer a aquisição do domínio independente do site e da hospedagem.

2    Hospedagem

É o serviço oferecido por um provedor, que garante que seu site esteja disponível por uma quantidade de horas por mês. Quando se contrata a hospedagem, nada mais é do que um espaço em um servidor conectado na internet preparado para a publicação do mesmo. O registro do domínio faz o direcionamento do seu endereço (www.seusite.com.br) para o respectivo provedor e o mesmo exibe sua página de internet. Geralmente nas ofertas de hospedagem também estão inclusos serviços de e-mails que também podem ser contratado independente da hospedagem, porém é pouco comum.

3    Site

O site propriamente dito são arquivos em formato específicos que geram a aparência para o internauta. Há diversas tecnologias para que isso seja feito.

Agora que entendemos alguns termos vamos ao assunto original.

Quando você decide efetuar a compra de um site, em geral estamos dizendo que você está contratando uma empresa ou profissional especializado que irá criar os arquivos que gerarão o visual desejado para o internauta. Na maioria das vezes nessa contratação está inclusa a criação de um visual (designer) que é a cara do site. Existem empresas de design que não fazem o site propriamente dito, mas fazem o visual (layout) enquanto outra empresa se encarrega de traduzir o visual desenhado em forma de site na internet. Tendo o site é necessário hospedá-lo na internet em algum provedor. E para que esteja acessível é necessário tem um endereço (domínio).

No site alugado, o conceito técnico não muda. O que muda é a forma com que você está adquirindo o produto/serviço. Geralmente as empresas que alugam site, já possuem um site genérico utilizado para todos os clientes, ou seja, um conjunto de arquivos que se adaptam com alguns formatos padrões de site e eles simplesmente colocam um visual simples com os textos e opções que o cliente envia. E para que o custo seja interessante para o cliente, já é oferecido o serviço de hospedagem (em alguns casos o do registro de domínio, que qual quer um pode fazer). Unir o site junto com a hospedagem também facilita o fornecedor não ter que distribuir os seus arquivos que são realmente o site. E caso você queira trocar de provedor na maioria das vezes há a impossibilidade já que o serviço vendido é todo integrado como um só.

Um comparativo rápido que podemos fazer entre as duas modalidades, começando com a Criação/Compra:

Vantagens:

  • O site pode ficar do jeito que o cliente quiser, ou seja, pode ter qualquer aparência ou serviço
  • Há mais opções para o trabalho de adequação da identidade da empresa para o site
  • Não há limites quanto à possibilidade de serviços o site pode oferecer
  • Pode ser um patrimônio da empresa, podendo trocar os fornecedores de hospedagem e desenvolvimento a qualquer tempo.

Desvantagens:

  • Tem um valor elevado de aquisição
  • Depende de empresas ou profissionais especializados para a sua criação, e hoje em dia o mercado tem mostrado muitos picaretas que não cumprem com o prometido.
  • Pode necessitar de empresas ou profissionais especializados para a atualização ou manutenção.
  • Pode ter um prazo maior que o desejado para sua criação/implantação

A seguir algumas vantagens e desvantagens do aluguel de sites.

Vantagens:

  • O valor de aquisição é distribuído em parcelas de baixo valor monetário (de R$ 50,00 a R$ 120,00 em média)
  • Por ser uma plataforma genérica (comum a vários clientes) é de rápida implementação.
  • Pode juntar diversos serviços necessários como site +hospedagem e domínio em uma única contratação.

Desvantagens:

  • Pouca personalização visual
  • Os serviços que o site oferece pode ser somente os que já existem na plataforma adquirida
  • Como a mantenedora da plataforma obtém o lucro devida a contratação/utilização em massa o suporte ou contato de pós venda pode ser ruim.

Como dito, há vantagens e desvantagens em cada uma dessas modalidades. Cabe uma análise peculiar para saber realmente qual a melhor contratação para o seu negócio. Analisando friamente, se a intenção é apenas colocar um site simples com alguns textos pequenos, talvez a melhor opção seja o aluguel pelo baixo investimento. Agora se a intenção é colocar seu site como referência no seguimento do seu mercado oferecendo serviços e se destacando do seus concorrentes sem dúvida a melhor opção é a criação do site com uma boa agência.